Nilo Rodarte, Escrivão de Polícia
  • Escrivão de Polícia

Nilo Rodarte

Boa Esperança (MG)
69seguidores55seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Policial Civil do Estado de Minas Gerais, Bacharel em Direito

Comentários

(528)
Nilo Rodarte, Escrivão de Polícia
Nilo Rodarte
Comentário · há 7 meses
Olá Cristina Maria Machado Maia. Respeito sua opinião, mas obviamente foi voce que não entendeu nada do que eu quis expressar. Ou entendeu, mas como não concorda, então fica mais fácil atacar e desmerecer. Em que momento do meu texto eu disse que sou desconheço a Constituição, ou a forma como ela é feita e que ela tem que ser respeitada embora seja desrespeitada diariamente? Onde eu disse isso? Disse que a Constituição está cheia de boas intenções das quais o inferno também está cheio. Falei algo que não é público e notório? Você mesma disse que "não concorda com muitas coisas lá colocadas". Querer dar uma grande importância aos deputados constituintes como se eles fossem a fina flor da política brasileira para ai justificar a melhor constituição do mundo é uma bobagem, porque é só dar uma pesquisada em quem eram esses deputados e como era a política que eles defederam ao longo da vida. Aquele congresso, como todos os outros que vieram antes e depois dele nunca de preocuparam com os anseios do povo e sim, somente com os desejos deles e com as proteções que eles criaram e criam para si próprios até hoje. Essa questão de prisão em segunda instência e uma dessas aberrações que eles fizeram pensando neles dizendo que estavam pensando no povo, e o resulto está aí. E essas aberrações estão acontecendo o tempo todo em nome dessa "democracia". Desconhecem as pessoas que democracia é muito mais que votar a cada dois anos. E votar sempre nas mesmas pessoas e nas mesmas idéias. Não digo que nossa constituição deva ser substituída por outra, mas muita coisa tem que mudar. É uma questão de cultura. Os direitos estão na ponta da língua, mas os deveres....

Ademais, o escopo do artigo e do cometário é outro, e eu disse ali que o importante é que o processo tenha um andamento razoável, e não 20 anos. Esse é um exemplo de boa intenção do legislador constitucional originário que ficou só no campo das boas intenções. Aposto que eles não imaginaram que tantos recursos, tantas jurisprudências tiradas das profundezas, ativismo judiciário, disputa por holofotes, ministros que só a misericórdia de Deus iriam transformar o "trânsito em julgado" em impunidade para ricos e poderosos. Certamente não era essa a intenção. As correções de curso são necessárias.

O cerne todo é esse: não importa a prisão em segunda instância ou em instância superior. É irrelevante. O que importa é que o processo durasse um tempo razoável e legal e que não tivesse tantas protelações que levassem à prescrição antes do trânsito em julgado.

Por fim, a prova maior que democracia é mais que apenas eleições, como Vossa Senhoria colocou de exemplo a eleição de um "sociopata", temos também a eleição de um poste e de outro sociopata, este voltado para a formação de quadrilha e crimes contra o patrimônio, devidamente preso e condenado. Sem prejuízo dos que vieram antes deles, dos quais não se aproveita muita coisa.

Recomendações

(2.950)

Perfis que segue

(55)
Carregando

Seguidores

(69)
Carregando

Tópicos de interesse

(92)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros perfis como Nilo

Carregando

Nilo Rodarte

Entrar em contato